Whatsapp Clonado: Como descobrir e desclonar Whatsapp

Está desconfiado que seu Whatsapp foi clonado? Quer aprender como desclonar Whatsapp? Bem o Whatsapp é o mensageiro mais utilizado no mundo com milhões de usuários conectados e que compartilham informações pessoais o dia todo, portanto é um grande alvo de golpes. Por ser tão usado, acaba atraindo a atenção de hackers, curiosos, mulher e homens ciumentos entre outras situações que desejam através de golpes e clonar e ver o que outras pessoas estão conversando no Whatsapp e para isso elas nem precisam ter o mesmo chip, prejudicando a sua privacidade.

Uma boa notícia que a clonagem de Whatsapp não é tão simples assim e existem sinais que podem entregar se seu Whatsapp foi clonado ou não, portanto não é algo tão silencioso assim. É importante ficar atentos para alguns sinais que indicam que você tem um Whatsapp Clonado e a partir do momento que você tem a confirmação executar o procedimento para desclonar Whatsapp. Demonstraremos nessa dica como descobrir seo o seu Whatsapp está clonado e como fazer para desclonar.

Como descobrir se o Whatsapp foi clonado?

Bem como falamos anteriormente muitas pessoas se utilizam de técnicas simples para clonar o Whatsapp de outras e assim monitorar todas as suas conversas, mas você pode desmascarar a pessoa ficando atento para alguns detalhes bem simples que podem entregar e denunciar a pessoa que clonou o seu Whatsapp. Veja abaixo exemplos de situações de Whatsapp clonado.

“Aviso de “Conta clonada” do Whatsapp

Essa é a mais simples de ser identificada, como sabemos uma mesma conta de Whatsapp não pode ser utilizada em mais de um telefone ao mesmo tempo. Então se você entrou no seu Whatsapp e recebeu um aviso que seu número está sendo usado em outro lugar, provavelmente alguém teve acesso e autenticou sua conta em outro dispositivo.

Como descobrir se Whatsapp foi clonado

Ao confirmar a mensagem você será solicitado para autenticar novamente sua conta no seu aparelho, inserindo o novo código de verificação. Agora caso você não tenha pedido um novo código ou tenha ativado seu número em outro lugar, é muito provável que você teve seu Whatsapp clonado

Seu Whatsapp está estranho

Um fator que pode ajudar a você a detectar se seu Whatsapp está clonado e está sendo utilizado de outro lugar é validar alguma atividade estranha na sua conta, como mensagens que já foram visualizadas sem que você tenha visto, mensagens que você não enviou, um áudio que você não ouviu mas já está como se tivesse, ou uma mensagem que você já tinha visualizado mas não chegou notificação.

Claro que tudo isso pode ser causado por uma falha no próprio aplicativo,porém se isso acontece repetidamente, pode ser um sinal que alguém está clonando sua conta do Whatsapp.

O Web Whatsapp e a versão para Desktop funcionam como um espelho, espelhando o conteúdo do app do smartphone para o Whatsapp para PC, portanto, enquanto estiver utilizando Internet, todas as mensagens que chegam no Whatsapp na versão aplicativo estarão sendo mostradas onde o Web Whatsapp estiver conectado.

Uma maneira de descobrir é abrir o Whatsapp no seu smartphone Android, IOS ou Windows Phone, na tela inicial,tocar nos “três pontos” para visualizar as configurações. Em seguida, toque em “Whatsapp Web” e veja em quais locais seu Whatsapp está conectado.

Nesta verificação você pode detectar que seu Whatsapp está conectado em um PC ou smartphone que é desconhecido por você e assim detectar que seu Whatsapp foi clonado.

Marque Mensagens como não lidas no Whatsapp

Quando você recebe uma nova mensagem e não lê, do lado da mensagem fica um marcador verde que inclusive indica a quantidade de mensagens que chegaram em uma conversa individual ou em um grupo. Em conversas que você tenha lido, você pode adicionar um marcador de “Conversa não lida”, este fica da cor verde mas sem número, caso alguém acesse a conversa sem a sua autorização, esse marcador some, então você poderá descobrir se alguém clonou ou simplesmente teve acesso ao seu Whatsapp.

Para marcar uma conversa como não lida, toque na conversa e manha pressionado. Toque nos três pontos localizados no canto superior direito, em seguida, toque em “Marcar como não lida”.

Perdeu ou roubaram seu telefone com Whatsapp

Caso tenha perdido ou tenha tido seu aparelho roubado, o processo para desativar seu Whatsapp não é simples, é preciso que vocÇe entre em contato com o Whatsapp, informando os dados necessários e eles lá fazem a desativação e em seguida você poderá reativar seu número e conta. p

Agora que falamos sobre alguns sinais que demonstram se um Whatsapp foi clonado ou não, veremos o que você deve fazer para impedir a clonagem e caso seja necessário o que fazer para desclonar Whatsapp.

Como desclonar Whatsapp e proteger suas conversas

Vamos agora abordar algum métodos que podem ser executados para desclonar Whatsapp e assim impedir que pessoas fiquem monitorando suas conversas e clonem sua conta do Whatsapp, veja abaixo, quais são essas medidas.

Opção 1: Desconectar o Web Whatsapp de todos os dispositivos

Como falamos anteriormente o Web Whatsapp faz um espalhamento de todas as conversas do aplicativo para a versão do computador, é a maneira mais básica e comum de clonar o Whatsapp de uma pessoa. Veja abaixo como resolver essa questão.

Passo 1: O primeira coisa que você deve se preocupar é em desconectar todas as contras conectadas ao Web Whatsapp. Para isso, abra o seu Whatsapp, acesse as configurações, tocando nos três pontos que ficam localizados no canto superior direito, em seguida, toque em “Whatsapp Web”.

Whatsapp Clonado: Como descobrir e desclonar Whatsapp

Passo 2: Você poderá ver as “Sessões Ativas”, aparecerão os navegadores que estão conectados. Nessa tela você poderá verificar se tem algo estranho, para desclonar o seu Whatsapp, toque no botão “Sair de todos os computadores” e em seguida, toque em “Sim”.

Whatsapp Clonado: Como descobrir e desclonar Whatsapp

Uma dica também interessante, é sair do Web Whatsapp mesmo no seu computador, basta clicar nos “três pontos” que fica localizado na parte superior esquerda da tela, em seguida, clique em “Sair”.

Opção 2: Ativar código de verificação em duas etapas

Muitas pessoas ainda não se atentaram para essa medida de segurança, mas o código de verificação, permite adicionar uma senha adicional que aumenta a sua privacidade. Geralmente essa senha é solicitada ao reinstalar o app.

Passo 1: Ative a opção, clicando no menu de três pontos, localizado no canto superior e toque em “Configurações”. Agora toque na opção “Conta” e em seguida, selecione a opção “Verificação em duas etapas”.

Whatsapp Clonado: Como descobrir e desclonar Whatsapp

Passo 2: Toque no botão “Ativar”, adicione um código de seis dígitos e faça a confirmação. Avance as telas, insira um email se achar melhor e conclua a configuração.

Whatsapp Clonado: Como descobrir e desclonar Whatsapp

Opção 3: Limpar histórico de conversa

Caso você tenha dados importantes, sigilosos e acredita que seus suas conversas possa estar sendo vigiadas, uma maneira emergencial é apagar todo o seu histórico de conversas.

Passo 1: Abra a conversa que deseja limpar, toque no menu de três pontos localizado no canto superior da tela, toque em “Mais” e em seguida, toque em “Limpar Conversa”.

Passo 2: Confirme que deseja limpar a conversa do Whatsapp, pronto agora sua conversa está zerada e se alguém clonou seu Whatsapp, não poderá mais ver as suas informações.

Whatsapp Clonado: Como descobrir e desclonar Whatsapp

Passo 3: Caso tenha muitas conversas para apagar no Whatsapp, você pode selecionar várias ao mesmo tempo. Pressione o toque sobre a conversa que deseja marcar, faça o mesmo para todas as conversas que serão apagadas, em seguida, toque no símbolo de uma lixeira que fica localizado na parte superior da tela.

Passo 4: Confirme que deseja apagar.

Opção 4: Reinstalar o Whatsapp

A solução mais drástica porém eficiente de desclonar Whatsapp é reinstalar o app. Ao reinstalar o Whatsapp, será solicitado a inserção de um novo código de verificação enviado pelo mensageiro via SMS, dessa maneira qualquer dispositivo conectado a sua conta de Whatsapp será desconectado. Antes de executar os passos abaixo, lembre-se realizar um backup das suas conversas, caso não tenha feito, para que ao reinstalar o mensageiro, você não perca nada.

Passo 1: Acesse as configurações do seu Android e toque em “Aplicativos” ou “Gerenciador de Aplicações”, o nome pode variar de acordo com o smartphone.

Passo 2: Procure o Whatsapp na lista de apps, toque nele e em seguida, toque no botão “Desinstalar”. Aguarde até que o Whatsapp seja desinstalado e faça a instalação novamente pela Play Store.

Como impedir que Whatsapp seja clonado?

Vimos até agora dicas de medidas que ajudam a detectar se o Whatsapp foi clonado e como fazer para desclonar, vamos um pouco além agora, trazendo dicas extras que estão mais voltadas para o sentido da prevenção e do comportamento do usuário que ajudarão a deixar sua conta mais segura. Veja logo abaixo como impedir que Whatsapp seja clonado.

Mantenha o Whatsapp atualizado

Quando uma nova atualização é lançada ela não serve apenas para deixar o app mais bonito ou trazer novas funcionalidades. Elas também trabalham fazendo correções de segurança. Por isso, é de extrema importância que o usuário mantenha o seu sempre atualizado.

Seu Smartphone precisou de manutenção? Cuidado!

É extremamente importante que ao levar seu smartphone para alguém consertar, que você apague fotos, dados pessoais e senhas salvas em apps, pois nem todas as pessoas que trabalham nessa área são confiáveis e podem usar esses dados de forma errada e geralmente entregamos nosso telefone com a senha para desbloquear, então já pensou se tudo isso está na mão da pessoa errada?

Cuidado com o local onde acessar suas contas

Muitas pessoas acabam usando suas contas de redes sociais, emails em computadores públicos e nem sempre se preocupam em sair dessas contas e acabam deixando suas senhas salvas, permitindo que qualquer pessoa tenha acesso a essas informações, outro cuidado também é com smartphones que não possuem senha para desbloqueio e podem ser acessados facilmente.

Coloque senhas fortes no seu Smartphone para evitar que clonem seu Whatsapp

Caso coloque uma senha definida pelo movimento do dedo, aquelas que geralmente formam um dedo, busque sempre limpar a tela do celular, pois pessoas mal intencionadas podem descobrir a senha, por marcas que podem ficar evidentes na tela devido a um dedo engordurado, por exemplo.

Tire uma foto de quem deseja clonar o seu Whatsapp

Apps como o GotYa tiram fotos sempre que uma pessoa tenta acessar seu aparelho mais erra a senha, o aplicativo envia uma foto para o proprietário dessa pessoa e assim você saberá imediatamente quem está tentando vigiar seu Whatsapp.

Fique perto do seu aparelho para que ninguém clone seu Whatsapp

Esteja sempre próximo do seu aparelho quando for emprestar ele para alguém, pois sem maldada, alguém pode instalar algum app malicioso sem você saber, as vezes podem clicar em propagandas maliciosas, devido a isso, é sempre bom ter um antivirus para celular.

Desabilite Wi-fi e Bluetooth quando não estiver usando

Uma boa medida de proteção também é desabilitar Wi-Fi e Bluetooth sempre que não estiver usando essas funções. Muitos usuários mal intencionados podem usar essas redes como porta de entrada para roubar informações suas.

O antivírus impede de Whatsapp de ser clonado?

Olha um antivírus para celular não resolve totalmente, mas não pode jamais ser evitado. Normalmente os antivírus não são capazes de detectar aplicativos espiões como StealthGenie e mSpy, que operam em segundo plano e não aparecem na lista de apps instalados, mas protegem contra versões menos sofisticadas de malwares.

Aprendeu como desclonar Whatsapp?

Nessa dica demonstramos várias dicas de como descobrir e desclonar Whatsapp, se você tem percebido um comportamento estranho do mensageiro você pode sim ter tido seu Whatsapp clonado e as dicas acima te ajudarão a resolver esse problema e deixar seu Whatsapp e dispositivo protegidos. Conhece mais alguma maneira de desclonar Whatsapp clonado?

Whatsapp Clonado: Como descobrir e desclonar Whatsapp
5 (100%) 1 vote
Gostou deste artigo? Compartilhe.